Cursos UFVJM

PDF
Imprimir
E-mail

Engenharia de Alimentos

Engenharia de Alimentos

 

[ ENGENHARIA DE ALIMENTOS DA UFVJM É ENADE 5 !!! ]

 

Engenharia de Alimentos

A Engenharia de Alimentos é o ramo da engenharia que engloba todos os elementos relacionados à industrialização de alimentos, bebidas e ingredientes industriais, seja no desenvolvimento, fabricação, conservação, armazenamento, transporte e comercialização destes produtos.

A importância desta Engenharia para o Brasil deve ser destacada devido ao grande potencial agroindustrial do país que, atualmente, pode ser considerado como o maior produtor ou exportador mundial de carne e proteína animal, suco de laranja processado e açúcar e álcool, por exemplo, e está entre os principais do mundo na produção de café solúvel e óleo de soja, além de ser considerado como o segundo maior exportador mundial de alimentos processados. Este destaque no setor produtivo impulsiona o crescimento e a importância da Engenharia de Alimentos, que permite a utilização de diversas tecnologias para o processamento de matérias-primas animais e vegetais, valorização da biodiversidade do país, racionalização da produção, aumento da vida útil de produtos permitindo sua comercialização, agregação de valor e melhoria de propriedades de alimentos e bebidas, além da criação e desenvolvimento de novos produtos com potencial econômico.

 

Perfil Profissional

O Engenheiro de Alimentos é um profissional multidisciplinar, capaz de dominar as diversas tecnologias de processamento e conservação de alimentos e bebidas, desde a seleção de matérias-primas de origem animal e vegetal até as fases de produção, desenvolvimento, preservação, acondicionamento e distribuição.

Dentro da indústria de alimentos e bebidas, por exemplo, este profissional pode atuar em diversos setores, como:
- Produção e processos: Atuando na racionalização e melhoria de processos, equipamentos e fluxos para incremento da qualidade e produtividade e para redução dos custos industriais.
- Controle de qualidade: Determinação dos padrões de qualidade desde a matéria-prima até o transporte do produto final, análises, monitoramento da qualidade como rotina operacional.
- Desenvolvimento de produtos: Desenvolvimento de produtos e tecnologias com o objetivo de atingir novos mercados, redução de desperdícios, reutilização de subprodutos e aproveitamento de recursos naturais disponíveis.
- Desenvolvimento de projetos: Planejamento, execução e implantação de projetos de unidades de processamento e estudo de viabilidade econômica.
- Comercial/marketing: Utilização do conhecimento técnico como diferencial de marketing na prospecção e abertura de mercados, na assistência técnica, no desenvolvimento de produtos junto aos clientes e apoio à área de vendas.
- Fiscalização de alimentos e bebidas: Atuação junto aos órgãos governamentais de âmbito municipal, estadual e federal, objetivando o estabelecimento de padrões de qualidade e identidade de produtos, e na aplicação destes padrões pelas indústrias, garantindo assim os direitos do consumidor.

Seu campo de atuação inclui ainda as áreas de vendas e assistência técnica de insumos, equipamentos e embalagens, consultoria, certificação e auditoria e órgãos governamentais de normatização técnica, orientação e fiscalização, entre diversas outras.

Consultas recomendadas:
Associação Brasileira de Engenheiros de Alimentos - ABEA [ Clique aqui ]
Associação Brasileira das Indústrias da Alimentação - ABIA [ Clique aqui ]

 

O Curso na UFVJM

Atualmente, o curso de Engenharia de Alimentos da UFVJM conta com 10 professores formados em Engenharia de Alimentos e todos com Doutorado em sua área de especialização, obtido nas mais renomadas instituições do país, como UFLA (Universidade Federal de Lavras) e Unicamp (Universidade Estadual de Campinas), entre outros.

O Projeto Pedagógico do curso foi elaborado visando oferecer uma elevada carga horária de atividades práticas laboratoriais, com o principal objetivo de preparar o aluno para a utilização das ferramentas e equipamentos de uso constante no meio profissional e na indústria de alimentos. As atividades práticas são oferecidas em grande parte do Núcleo de Disciplinas Profissionalizantes, como as Tecnologias de Leite e derivados, Carnes e derivados, Cereais e panificação, Fermentações, Vegetais, entre outras como Química, Bioquímica e Análise de Alimentos, Análise Sensorial, etc.

Atualmente, o curso dispõe de um prédio com novos laboratórios, permitindo atender tanto a realização das atividades práticas das disciplinas, como a participação de acadêmicos em projetos de iniciação científica, de pesquisa, extensão e ainda o desenvolvimento de Trabalhos de Conclusão de Curso.

O aluno do curso ainda pode integrar a Empresa Júnior do Instituto de Ciência e Tecnologia, para atuar em diversas áreas como empresário júnior e complementar sua formação, além de desenvolver projetos na área de Engenharia de Alimentos visando propiciar o desenvolvimento tecnológico da Região.

O curso é responsável pelo evento científico intitulado “Jornada de Engenharia de Alimentos”, organizado pelos Professores e Alunos da Engenharia de Alimentos, que em duas edições apresentou um crescimento constante, com a participação de palestrantes das mais renomadas empresas e instituições do país, além de participantes de diversas instituições brasileiras. É importante ressaltar ainda que este evento conta com o apoio Institucional e da Fapemig, além de outros apoiadores e parceiros.

O curso de Engenharia de Alimentos ainda participa de diversos programas e convênios internacionais, como Brafitec (França), Branetec (Holanda), Erasmus (Europa), Brascol (Colômbia), entre outros, oferecendo ao acadêmico a possibilidade de adquirir novas experiências profissionais e ter a vivência aplicada da sua futura profissão, ganhos de currículo, e melhor formação, comprometimento e responsabilidade com sua formação profissional.

Alguns trabalhos desenvolvidos na Engenharia de Alimentos, com a participação direta dos acadêmicos, foram reconhecidos em diversas premiações de renome na área, como menções nos prêmios Henri Nestlé, Santander e Feicintec (organizado pelo CREA-MG), entre outros.

Além disso, atualmente, este pode ser considerado como o único curso de Engenharia de Alimentos do Brasil a receber máxima (Nota 5) no ENADE (Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes), trazendo reconhecimento e notoriedade ao curso de Engenharia de Alimentos da UFVJM.

A Engenharia de Alimentos ainda é responsável pelo Programa de Mestrado em Ciência e Tecnologia de Alimentos, sendo uma importante opção profissional para os acadêmicos da área.

Última atualização em Qui, 16 de Agosto de 2018 13:39
 
PDF
Imprimir
E-mail

Seleções - Professor Voluntário

Química

fadfa

Última atualização em Ter, 06 de Dezembro de 2016 14:34
 
PDF
Imprimir
E-mail

Cursos

 
PDF
Imprimir
E-mail

Núcleo Docente Estruturante

Administração

O Núcleo Docente Estruturante- NDE do Curso de Administração integra a estrutura de gestão acadêmica do curso, sendo co-responsável pela elaboração, implementação, atualização e consolidação do Projeto Pedagógico do Curso.

Componentes:

Profª Chams Maria Kumaira

Profª Daniela Cristina da Silveira Campos

Profª Georgia Fernandes Barros

Profª Ivana Carneiro Almeida

Profª Juliana Vieira Borges

Prof. Marcelo Cambraia Alvarenga

Prof. Marcio Coutinho de Souza

Prof. Naldeir dos Santos Vieira

Prof Edimilson Eduardo da Silva

Prof Agnaldo Keiti Higuchi

 

 

Última atualização em Sex, 01 de Setembro de 2017 16:03
 
PDF
Imprimir
E-mail

Pós-Graduação

Química

Mestrado

O Programa de Pós-graduação stricto sensu em Química (PPGQ) em nível de Mestrado iniciou-se em 2009, desenvolvendo trabalhos nas áreas de concentração em Físico-Química, Química Analítica e Química Orgânica, nas seguintes linhas de pesquisa:

  1. Desenvolvimento de Materiais Condutores e semicondutores para Aplicações em Processos Eletroquímicos
  2. Desenvolvimento de Sensores Eletroquímicos Aplicados a Amostras de Interesse Farmacêutico, Biológico e Ambiental
  3. Desenvolvimento de Nanomateriais e Aplicações
  4. Química de Peptídeos e Proteínas
  5. Química de Produtos Naturais
  6. Separações Químicas

 

Sites do programa (São dois)

PPGQ - QUÍMICA

PPGQ QUÍMICA UFVJM

As dissertações defendidas pelos discentes do programa estão disponíveis em:

Dissertações Defendidas PPGQ

 

Doutorado

O departamento de Química da UFVJM faz parte da Rede Mineira de Química (RQ-MG), a qual foi fundada em dezembro de 2009 com o objetivo principal de integrar pesquisadores do Estado de Minas Gerais, minimizar distorções e desigualdades regionais e estimular o desenvolvimento de projetos de pesquisa de qualidade que resultem em projeção das atividades na área de química de nosso Estado. Um dos produtos gerados é o Programa de Pós-Graduação Multicêntrico em Química de Minas Gerais (PPGMQ-MG). Os Professores do DEQUI/UFVJM orientam no PPGMQ-MG em nível de Doutorado e desenvolvem estudos nas seguintes linhas de pesquisa:

  1. Desenvolvimento de Materiais Condutores e semicondutores para Aplicações em Processos Eletroquímicos
    1. Desenvolvimento de Sensores Eletroquímicos Aplicados a Amostras de Interesse Farmacêutico, Biológico e Ambiental
    2. Desenvolvimento de Nanomateriais e Aplicações
    3. Química de Peptídeos e Proteínas
    4. Separações Químicas

 

Site:

Doutorado em Química - REDE MINEIRA

Última atualização em Sex, 11 de Agosto de 2017 16:51
 
Página 1 de 3