Notícias da UFVJM
Qui, 05 de Dezembro de 2019 11:47

Aplicativo é gratuito e já está disponível; além da busca por medicamentos, também pode emitir avisos sobre a falta ou o retorno de algum medicamento ao estoque municipal

Agora, a população de Teófilo Otoni conta com um aplicativo de celular para saber quais medicamentos estão disponíveis na rede municipal de saúde, o FarmaSUS Teófilo Otoni. A ferramenta foi desenvolvida por alunos do 11º período do curso de Medicina do Campus do Mucuri da UFVJM. O aplicativo é gratuito e entrou em funcionamento esta semana para o sistema operacional Androide, podendo ser baixado pelo Play Store do celular. Pelo FarmaSUS, além de realizar a busca dos medicamentos disponíveis na rede municipal de saúde, também pode ter avisos sobre a falta ou retorno do medicamento ao estoque da farmácia municipal.

A criação do aplicativo fez parte das atividades propostas pelo Internato em Saúde Coletiva. De acordo com um dos coordenadores do Internato em Saúde Coletiva da Faculdade de Medina do Mucuri (Fammuc), professor Jandesson Mendes Coqueiro, no Internato em Saúde Coletiva, os estudantes são inseridos em diversos setores de gestão em saúde do município. Ao final do Internato, eles têm que escolher alguma temática para desenvolverem um projeto de intervenção, visando melhorias do serviço.

“Um dos grupos de alunos do Internato escolheu desenvolver esse aplicativo por perceber a falta de conhecimentos dos profissionais da Atenção Básica sobre as medicações disponibilizadas no município. O material disponibilizado era em formato de cartilha, o que dificulta a consulta dos profissionais no momento da prescrição médica; além disso, a própria população desconhecia a lista de medicação disponível”, explica Jandesson.

Antes de lançar o aplicativo, os alunos apresentaram a ferramenta para a Comissão de Farmácia e Terapia da Secretaria Municipal de Saúde de Teófilo Otoni. A apresentação foi realizada no último dia 26 de novembro. “Com o aplicativo, tanto a população quanto os profissionais poderão ter o acesso rápido à lista de medicação disponibilizada pelo município. Isso facilita no momento da prescrição médica. Além disso, o aplicativo permite ao gestor enviar mensagens informando sobre a falta ou aquisição de medicamentos aos usuários que estiverem com o aplicativo baixado”, destaca o professor.

Um dos alunos do grupo que desenvolveu o aplicativo, Toscanini Barcellos de Oliveira, explica que a ferramenta foi desenvolvida totalmente pelos alunos. “O aplicativo foi estruturado numa plataforma gratuita para desenvolvimento de aplicativos para Android e com um pouco de noção de informática avançada por parte de um dos componentes do grupo, não foi difícil tirar a ideia do papel”. E quanto ao trabalho, Toscanini conta que a intenção principal do projeto de criação do FarmaSUS foi melhorar o acesso da informação aos profissionais da rede e a população em geral.

“Durante o Internato em Saúde Coletiva tivemos a oportunidade de estar inseridos em diversos setores relacionados à Secretaria Municipal de Saúde, dentre eles: Farmácia Municipal, na qual vimos o fluxo de pessoal e os desafios logísticos; e Unidades Básicas de Saúde: locais onde pudemos perceber por vezes uma discrepância entre algumas prescrições e o previsto na listagem municipal de medicamentos. Em alguns casos o profissional prescritor era bem intencionado e verdadeiramente acreditava que tal fármaco estava previsto na listagem do município. A partir do explorado e pelo consenso do grupo pensamos num meio rápido e prático de disseminar tais informações e, dessa forma, surgiu a ideia de criar o FarmaSus, um aplicativo de celular que em poucos segundos disponibilizaria um acesso rápido a essas listagens”, detalha o aluno.

Dia 26 de novembro, os estudantes do 11º período do curso de medicina da Faculdade de Medicina do Mucuri (Fammuc) apresentaram para a Comissão de Farmácia e Terapia da Secretaria Municipal de Saúde de Teófilo Otoni o aplicativo chamado FarmaSUS (Foto: Divulgação Fammuc/UFVJM)

 

Universidade e Comunidade

Durante o internato rural, os alunos de Medicina trocam salas de aula da universidade por espaços para desenvolver conhecimento sobre a relação entre medicina e sociedade. Para o aluno Toscanini, “no internato foi possível, de alguma forma, dar algum retorno à população de tudo que estamos desenvolvendo dentro da academia”. Ele explica que “é interessante entender o papel social que o profissional, seja ele médico ou não, deve ter dentro dos serviços de saúde: compreender a realidade na qual ele está inserido e tentar atuar com papel transformador na dinâmica vivenciada. A universidade traz isso como premissa, e expandir essa consciência de que é importante pensar no viés social de cada profissão é importantíssimo. O médico pode exercer o cuidado de diversas formas, não só apenas com o atendimento ao publico”.

  • Baixe o aplicativo FarmaSUS aqui.
  • Alunos que desenvolveram o aplicativo: Aline Otero, Érika Vieira, Marcelo Silva, Mayura Cardoso, Olintos Almeida, Pâmela Santos, Toscanini Oliveira, Wanessa Lima e Vinícius Delôgo
  • Coordenadores do Internato em Saúde Coletiva da Faculdade de Medicina do Mucuri (Fammuc):

Professor Jandesson Mendes Coqueiro

Professor João Victor Leite Dias

Última atualização em Qui, 05 de Dezembro de 2019 11:52
 
Qui, 05 de Dezembro de 2019 10:33

A Reitoria da Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri (UFVJM) decreta luto oficial por três dias, lamentando o falecimento de Patrícia Eustane Ribeiro, lotada na biblioteca do Campus JK. Patrícia desenvolveu seu trabalho sempre com muita dedicação.

O corpo está sendo velado na Capela Velório de Presidente Juscelino-MG, sua cidade natal, e o sepultamento está previsto para as 15h de hoje, no cemitério dessa cidade.

A UFVJM, com pesar, manifesta as mais sinceras condolências aos familiares, parentes, amigos e colegas de trabalho.

 
Qua, 04 de Dezembro de 2019 10:15

Finais acontecem nesta quinta e sexta, no Ginásio Poliesportivo do Campus JK; encerramento será na Feira do Mercado, a partir das 9h30 do sábado (7)

Está divulgada a programação das Datas de Diamante - término da segunda edição dos Jogos Olímpicos UFVJM, que terá como sede o Ginásio Poliesportivo do Campus JK. Na quinta-feira (5/12) serão realizadas as partidas finais de Futsal Masculino, Korfball, Vôlei Feminino e Handebol Masculino. Na sexta-feira (6/12) acontecerão as finais do Futsal Feminino, Badminton de Dupla Masculina e de Dupla Mista, Baskteball 3x3 Masculino e Feminino, Vôlei Masculino, Handebol Feminino e Ultimate Frisbee. Clique aqui para acessar a programação completa. Prestigie!

O encerramento dos Jogos Olímpicos UFVJM 2019 será realizado no sábado (7/12) às 9h30 da manhã, na Feira do Mercado, promovida pela Prefeitura de Diamantina (MG). Logo após o encerramento, terá início a tradicional atividade musical desse espaço e todos estão convidados.

No Twitter estão disponíveis fotos e vídeos dos Jogos Olímpicos UFVJM 2019, bem como do programa que ele integra: Desporto Sempre e Para Todos! UFVJM. Na plataforma Challonge estão os resultados das competições; após acessar o link, basta clicar em “Tournaments”, na parte superior do site, e selecionar uma das competições.

Os Jogos Olímpicos UFVJM são uma realização da Divisão de Esporte e Lazer (DEL), vinculada à Pró-Reitoria de Assuntos Comunitários e Estudantis (Proace/UFVJM).

Para mais informações, os interessados podem entrar em contato com o professor Cristino Matias, coordenador das atividades, pelo e-mail Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo. .

Última atualização em Qua, 04 de Dezembro de 2019 10:16
 
Ter, 03 de Dezembro de 2019 14:33

Evento é promovido pelo curso de licenciatura em Geografia e pelo Centro Acadêmico

De 2 a 4 de dezembro o Centro Acadêmico Aziz Ab’Saber – CAGeo e o curso de licencitatura de Geografia da UFVJM realizam a 4ª Semana da Geografia. O evento acontece no Pavilhão de Auditórios do Campus JK e é gratuito e aberto ao público. São esperados professores e estudantes de graduação, professores da educação básica e demais profissionais e pesquisadores.

A abertura aconteceu ontem, dia 2 de dezembro, com a participação da professora Valéria Amorim, da UFMG, e da professora Danielle Piuzana, da UFVJM. Elas abordaram o tema dos desastres ambientais provocados pela ação humana, especialmente aqueles relacionados à atividade de mineração e do eucalipto no Vale do Jequitinhonha.

Hoje(3), às 19h, no auditório 106, vai haver uma mesa-redonda com os egressos do curso de Geografia, que farão uma exposição sobre sua atuação no mercado de trabalho. Na quarta-feira (4), no auditório 108, às 19h, será discutida a questão agrária brasileira. O encerramento será no Bar do Amendoim, a partir das 21h, com a apresentação das “Viagens Geográficas” realizadas pelos professores e alunos do curso de Geografia.

A programação completa está disponível aqui.

 


Página 4 de 1248

 

Campus I - Diamantina/MG
Rua da Glória, nº 187 - Centro - CEP 39100-000
Telefones: +55 (38) 3532-6024
Campus JK - Diamantina/MG
Rodovia MGT 367 - Km 583, nº 5.000
Alto da Jacuba CEP 39100-000
Telefone: +55 (38) 3532-1200 e (38) 3532-6800
Campus do Mucuri - Teófilo Otoni/MG
Rua do Cruzeiro, nº 01 - Jardim São Paulo - CEP 39803-371
Telefone: +55 (33) 3529-2700
Campus Janaúba - Janaúba/MG
Avenida Um, nº 4.050
Cidade Universitária CEP 39447-790
Telefone: +55 (38) 3532-6812 e (38) 3532-6808
Campus Unaí - Unaí/MG
Avenida Universitária, nº 1.000, B
Universitários CEP 38610-000
Telefone: +55 (31) 3677-9950