• Imprimir

Projeto Cine Mercúrio explora diversidade de culturas na Mostra Brasil

Ter, 30 de Outubro de 2018 12:29

Assistir a um bom filme num sábado à noite. Além de ser um super programa, os alunos da UFVJM recebem certificado, que conta como horas complementares. Bom, não é? Mas tem mais: as sessões são abertas ao público e a entrada é gratuita.

Ainda não sabe do que se trata? O projeto Cine Mercúrio da UFVJM promove mostras de filmes aos sábados, sempre às 19h. As sessões acontecem no auditório da Casa da Glória, no centro de Diamantina.

Em cartaz, a Mostra Brasil vai apresentar ao público diamantinense filmes sobre o Brasil. A ideia é mostrar o país a partir de várias perspectivas, enfatizando a diversidade de universos culturais que compartilham nosso solo. Ao todo, são seis filmes.

O primeiro filme, Uma História de Amor e Fúria (2013), foi exibido no dia 27 de outubro. Esse longa de animação aborda a questão da resistência à opressão ao longo de 600 anos de nossa história, incluindo também uma versão do nosso futuro.

Na próxima sessão,  10 de novembro, o projeto Cine Mercúrio exibe o filme Abril Despedaçado (2001). O filme, que trata das rivalidades entre famílias no interior do sertão brasileiro, e da tradição de violência e vingança que as atravessa, compõe a Mostra Brasil, que vai até janeiro de 2019.

O filme Edifício Master (2002), que será exibido em 24 de novembro, é um documentário sobre a vida nas grandes cidades, mostrando o cotidiano de alguns dos moradores do Edifício Master, em Copacabana, bem como seus dramas, desejos e solidão.

No dia 1º de dezembro é a vez de Lavoura Arcaica (2001), que aborda questões relacionadas à família tradicional brasileira e às suas tradições e conflitos.

No dia 15 de dezembro, o filme O Ano em que Meus Pais Saíram de Férias (2006) mostra as marcas da ditadura brasileira na vida familiar nos anos 70, sob o olhar de um garoto mineiro.

Em 2019, no dia 19 de janeiro, a mostra será encerrada com o clássico filme de Glauber Rocha Deus e o Diabo na Terra do Sol (1964), que fala sobre a exploração econômica e as falsas promessas de salvação de que são vítimas muitas almas sertanejas.

Agende aí! E não precisa levar pipoca. É de graça também!

 

 

Campus I - Diamantina/MG
Rua da Glória, nº 187 - Centro - CEP 39100-000
Telefones: +55 (38) 3532-6000
Campus JK - Diamantina/MG
Rodovia MGT 367 - Km 583, nº 5000
Alto da Jacuba CEP 39100-000
Telefone: +55 (38) 3532-1200 e (38) 3532-6800
Campus do Mucuri - Teófilo Otoni/MG
Rua do Cruzeiro, nº 01 - Jardim São Paulo - CEP 39803-371
Telefone: +55 (33) 3529-2700
Campus Janaúba - Janaúba/MG
Prédio CAIC Av. Manoel Bandeiras, 460
Veredas CEP 39440-000
Telefone: +55 (38) 3829-3100
Campus Unaí - Unaí/MG
Avenida Vereador João Narciso, 1380
Cachoeira CEP 38610-000
Telefone: +55 (38) 3677-9950