Doutorado em Ciência Florestal tem primeira defesa de tese

Ter, 18 de Dezembro de 2018 09:56

O Programa de Pós-Graduação em Ciência Florestal da UFVJM teve sua primeira defesa de tese de doutorado na sexta-feira passada, dia 14 de dezembro. A pesquisa defendida foi da aluna Elizzandra Marta Martins Gandini, que também é servidora da UFVJM. “O trabalho inédito pesquisou o benefício do componente arbóreo no sistema de integração silvipastoril, relacionando os efeitos do espaçamento de árvores e a incidência de radiação fotossinteticamente ativa sobre plantas de braquiária”, explicou o professor do programa e orientador da aluna, José Barbosa dos Santos.

A banca de avaliação do trabalho foi composta por Emerson Delano Lopes (IFNMG), Daniel José Silva Viana (UFVJM), Marcela Azevedo Magalhães (UFVJM) e Janaína Fernandes Gonçalves (UFVJM). A defesa foi presidida pelo professor José Barbosa, e contou com a presença do coordenador adjunto do programa, professor Israel Marinho Pereira.

Professores Emerson Delano Lopes (IFNMG); Marcela Azevedo Magalhães(UFVJM); Israel Marinho Pereira (UFVJM); Elizzandra Marta Martins Gandini, primeira doutora em Ciência Florestal pela UFVJM; José Barbosa dos Santos, orientador; Daniel José Silva Viana(DCB/UFVJM) e Janaína Fernandes Gonçalves(Campus Unaí/UFVJM).              (Foto: Arquivo Pessoal)

O Programa

O Programa de Pós-Graduação em Ciência Florestal da UFVJM já formou mais de cem mestres em Ciência Florestal. O programa iniciou suas atividades em 2010 com nível de mestrado e em 2015, na primeira avaliação quadrienal, obteve elevação no conceito junto à Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), passando a ofertar o curso de doutorado, na área de concentração Recursos Florestais.

Última atualização em Ter, 18 de Dezembro de 2018 09:57