Localização

Diamantina, no Vale do Jequitinhonha

O Vale do Jequitinhonha é uma das doze mesorregiões do estado de Minas Gerais, formada pela união de 51 municípios agrupados em cinco microrregiões: Almenara, Araçuaí, Capelinha, Diamantina e Pedra Azul. 

Situado ao norte do estado de Minas Gerais, o Vale é amplamente conhecido, por um lado, em razão dos seus baixos indicadores sociais; por outro, por ser detentor de exuberante beleza natural e de riqueza cultural invejável, onde se encontram traços sobreviventes da cultura indígena e da cultura negra.

A região, que inicialmente pertenceu à Bahia, até o final do século XVIII, foi incorporada ao estado de Minas Gerais após a descoberta de diamantes no Tijuco – Diamantina e arredores.

O antigo Arraial do Tijuco passou a chamar-se Diamantina por situar-se literalmente sobre diamantes. Essas pedras eram extraídas em grandes quantidades pela Coroa de Portugal durante o século XVII.

A microrregião de Diamantina é composta por 8 municípios: Couto de Magalhães de Minas, Datas, Diamantina, Felício dos Santos, Gouveia, Presidente Kubitschek, São Gonçalo do Rio Preto e Senador Modestino Gonçalves.

Distância: Belo Horizonte: 302 Km 
Brasília: 710 Km

Teófilo Otoni, no Vale do Mucuri

A mesorregião do Vale do Mucuri é formada pela união de 23 municípios agrupados em duas microrregiões: Nanuque e Teófilo Otoni. O Vale possui esse nome pelo fato de ser percorrido pelo Rio Mucuri. 

O Vale do Mucuri encontra-se exatamente na divisa entre três estados: Minas Gerais, do qual faz parte, Espírito Santo e Bahia. Entre suas principais cidades encontram-se Teófilo Otoni, conhecida por sua economia voltada às pedras preciosas, e Nanuque, que tem a pecuária e agricultura como pontos fortes.


A microrregião de Teófilo Otoni é composta por 13 municípios: Ataléia, Catuji, Franciscópolis, Frei Gaspar, Itaipé, Ladainha, Malacacheta, Novo Oriente de Minas, Ouro Verde de Minas, Pavão, Poté, Setubinha e Teófilo Otoni. 

A cidade de Teófilo Otoni está situada ao nordeste do estado de Minas Gerais e nasceu em função de um sonho do político mineiro Teófilo Benedito Ottoni, que pretendia construir na região a produção e a comercialização do café. A via de ligação natural entre Minas Gerais e o litoral era através do rio principal, o Rio Mucuri. Os europeus, principalmente os alemães, foram de fundamental importância para o progresso da região.

Distância: Belo Horizonte: 450 Km 
Brasília: 1.026 Km

Janaúba, no Norte de Minas

Janaúba está inserida na mesorregião do Norte de Minas, na área mineira do semiárido brasileiro e na microrregião da Serra Geral de Minas, da qual é a cidade polo.

Janaúba, nome de origem indígena, significa planta leitosa, também conhecida como algodão de seda, monopétala, abundante na região.

A história do município e de seu desenvolvimento está intrinsecamente ligada a duas forças propulsoras que se fazem sempre presentes: a privilegiada localização geográfica, o pioneirismo e a capacidade empreendedora de seus habitantes ao longo de sucessivas gerações.

O distrito foi criado em 31 de dezembro de 1943, pela Lei n.º 1.058, com o nome de Gameleira, e o município, em 27 de dezembro de 1948, pela Lei n.º 336, quando recebeu o nome atual, sendo instalado em 1º de janeiro de 1949, com território desmembrado do município de Francisco Sá.

Distância: Belo Horizonte: 561 Km

Brasília: 707 Km

Unaí, no Noroeste de Minas

Situado na mesorregião do Noroeste de Minas e na microrregião de Unaí, com área de 8.464 km², limita-se ao norte com os  municípios de Cabeceira Grande, Buritis e Arinos; ao sul com Paracatu e Brazilândia de Minas; a leste com Dom Bosco, Natalândia, Bonfinópolis de Minas e Uruana de Minas,  e a oeste com  Cristalina (GO).

No século XIX, o fazendeiro Domingos Pinto Brochado instalou-se, junto com seus familiares, numa área perto do Rio Preto chamada Capim Branco. Em 1873, esse povoado foi elevado à categoria de distrito pertencente a Paracatu, com o nome de Rio Preto. Em 1923, o distrito teve seu nome alterado para Unaí, que é uma tradução, para a língua tupi, do antigo nome do distrito, Rio Preto. Em 1943, Unaí emancipou-se do município de Paracatu.

A localização de Unaí é privilegiada, uma vez que o município está inserido numa rede urbana formada por prósperas cidades, por exemplo Brasília e Paracatu.

Nos dias atuais, por um lado, do ponto de vista da geopolítica mineira, a área carece de maior vinculação com o estado, voltando-se para Brasília enquanto polo econômico e cultural. Por outro, vai definindo cada vez mais seu papel de forte expoente da agropecuária nacional, em razão das condições agroclimáticas favoráveis, à qualidade dos solos e ao nível de mecanização e adoção de modernas tecnologias de produção, principalmente nos municípios de Paracatu e Unaí.

Distância: Belo Horizonte: 609.93 Km

Brasília: 170 Km

Distâncias entre os campi:

Diamantina a Teófilo Otoni: 363 Km

Diamantina a Unaí: 548 Km

Diamantina a Janaúba: 360 Km

Teófilo Otoni a Janaúba: 581 Km

Teófilo Otoni a Unaí: 964 Km

Janaúba a Unaí: 614 Km

Fonte: Google Maps

Última atualização em Ter, 27 de Outubro de 2015 15:01