• Imprimir

Com quase 70 anos, estudante mais idoso da LEC cola grau nesta sexta

Qui, 07 de Fevereiro de 2019 18:23

Nesta sexta-feira (8/2) Eustáquio Gonçalo Ribeiro vai colar grau e se tornar licenciado em Ciências da Natureza, uma das habilitações do curso de graduação em Educação do Campo (LEC) da UFVJM. Com quase 70 anos, o “senhor” Eustáquio, como é carinhosamente chamado pelos colegas e professores do curso, sempre relatou que se inscreveu no vestibular da LEC para dar exemplo para os jovens do distrito de São Gonçalo do Rio das Pedras, em Serro/MG, onde mora. “Se eu consegui passar no vestibular e entrar no curso, os jovens também conseguem”, destaca o formando.

De acordo com a filha, ex-aluna e agora professora da UFVJM, Mirtes Ribeiro, a trajetória de Eustáquio foi marcada pela sua alegria e persistência. “Mesmo passando por três cirurgias, uma delas cardíaca, e por um câncer de próstata, além de enfrentar as dificuldades do processo de envelhecimento, como diabetes e hipertensão, ele sempre manteve a alegria. Fez parte do primeiro grupo de estudantes da moradia estudantil da UFVJM e foi membro do colegiado do curso. Participou do Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência (Pibid), do Programa de Educação Tutorial (PET) e de vários eventos pela LEC. Participou de movimentos populares, inclusive de greve”, conta Mirtes.

Para Mirtes, ao concluir o ensino superior, após percorrer a Educação Básica por quase 50 anos, já que precisou parar por diversas vezes para trabalhar, Eustáquio é motivo de orgulho. “Muito orgulho dele, da determinação, do esforço, da coragem, do exemplo, da inteligência, do curso que escolheu. Muito orgulho dos amigos de turma dele, que sempre o apoiaram e o ajudaram, dos professores da LEC, pelo método inovador, problematizador, resolutivo, produtivo e muito competente de ensinar para além dos livros. E, sobretudo, muito orgulho da UFVJM, por abrir as portas para o aluno do Vale do Jequitinhonha, cumprindo sua maior missão e mostrando que veio para fazer a diferença nos Vales”, declara Mirtes.

Segundo a coordenadora da LEC, professora Ivana Lovo, a modalidade do curso, em regime de alternância, em que tempos e espaços formativos integram momentos na universidade e nas comunidades e regiões de origem dos estudantes, é um facilitador para a realização do curso. “Isso facilita e integra muito, pois ninguém precisa sair da sua comunidade para estudar, e ambas realidades são integradas a partir das estratégias pedagógicas do curso”, declara.

 

Saiba mais sobre a LEC

Incluindo a turma que colou grau pelo Procampo (primeira turma de Educação do Campo da UFVJM, de 2010 a 2015), com as colações realizadas nos semestres 2017-2, 2018-1 e 2018-2, a LEC tem um total de 73 egressos.

“A Educação do Campo é uma conquista social, pois tem sua origem em movimentos sociais que propõem uma educação contextualizada, que valoriza a vida no campo, a partir da realidade das comunidades camponesas, isso tanto para a educação infantil, o ensino fundamental e o ensino médio e para jovens e adultos, quanto para a formação de professores”, afirma Ivana.

O vestibular da LEC para entrada no segundo semestre de 2019 estará com as inscrições abertas entre 12 de fevereiro e 12 de março. Saiba mais sobre o processo seletivo neste link.

 

 

Campus I - Diamantina/MG
Rua da Glória, nº 187 - Centro - CEP 39100-000
Telefones: +55 (38) 3532-6024
Campus JK - Diamantina/MG
Rodovia MGT 367 - Km 583, nº 5.000
Alto da Jacuba CEP 39100-000
Telefone: +55 (38) 3532-1200 e (38) 3532-6800
Campus do Mucuri - Teófilo Otoni/MG
Rua do Cruzeiro, nº 01 - Jardim São Paulo - CEP 39803-371
Telefone: +55 (33) 3529-2700
Campus Janaúba - Janaúba/MG
Avenida Um, nº 4.050
Cidade Universitária CEP 39447-814
Telefone: +55 (38) 3829-3100
Campus Unaí - Unaí/MG
Avenida Vereador João Narciso, nº 1.380
Cachoeira CEP 38610-298
Telefone: +55 (38) 3677-9950