• PDF
  • Imprimir
  • E-mail

Formas de Ingresso

A UFVJM oferta cursos de graduação em diversas áreas do conhecimento. Os campi da UFVJM são situados em Diamantina/MG, Janaúbaba/MG, Teófilo Otoni/MG e Unaí/MG. Os estudantes poderão ingressar em um dos 50 cursos de graduação da UFVJM por meio de:

Sistema de Seleção Unificada - SiSU
Uma das principais formas de admissão aos cursos da UFVJM o Sistema de Seleção Unificada - SiSU é realizado através do aproveitamento da nota do Exame Nacional do Ensino Médio – ENEM, essa modalidade oferece possibilidade de entrada no 1º e no 2º semestre de cada ano, sendo necessário para tanto a inscrição no Sistema de Seleção Unificada (SiSU) no site do MEC.

Seleção Seriada – SASI
A SASI é uma seleção seriada realizada em três etapas que avalia o conhecimento dos estudantes ao término de cada série do Ensino Médio, sendo aproveitada a nota do Exame Nacional do Ensino Médio – ENEM na terceira etapa, que equivale à prova do terceiro ano do Ensino Médio.

Assim, das vagas disponibilizadas para o 1º período letivo de cada ano 50% serão destinadas a candidatos classificados pelo SISU/ENEM e os outros 50% destinados a candidatos classificados pela SASI/UFVJM. Das vagas disponibilizadas para o 2º período letivo de cada ano 100% serão destinadas a candidatos classificados pelo SiSU/ENEM.

Educação a Distância - EAD
Através de edital próprio são disponibilizadas vagas nos cursos de Bacharelado em Administração Pública e Licenciaturas em Física, Química e Matemática. A seleção dos candidatos para ocupação das vagas poderá ocorrer por meio das modalidades: Aproveitamento da nota do Enem e Processo Seletivo Próprio.

Licenciatura em Educação do Campo - LEC
A Licenciatura em Educação do Campo – LEC é um curso presencial em regime de alternância que combina o conhecimento acadêmico com o saber popular integrando práticas e projetos educacionais.
O curso de Licenciatura em Educação do Campo oferece habilitações nas áreas de Linguagens e Códigos e Ciências da Natureza.
A seleção dos candidatos para o ingresso na Licenciatura em Educação do Campo será feita através de edital próprio divulgado pela Copese/Prograd.


VAGAS REMANESCENTES

A admissão ao curso de graduação para ocupação das vagas remanescentes dar-se-á semestralmente, por meio de processos seletivos, regulamentos por edital específico e publicados pela COPESE/Prograd.
As vagas remanescentes dos cursos presenciais de graduação poderão ser ofertadas para os seguintes processos: Transferência entre campi e/ou permuta, Reopção de Curso e Transferência Externa, Obtenção de Novo Título.

Transferência entre campi e/ou Permuta
A transferência entre Campi e/ou permuta permite ao discente regularmente matriculado na UFVJM, a mudança de Campus para cursos de graduação com habilitação idêntica, da própria Instituição, respeitadas as especificidades de cada projeto pedagógico. A transferência entre Campi para cursos de graduação com habilitação idêntica dar-se-á semestralmente, por meio de processos seletivos regulamentados por edital específico e publicados pela COPESE/Prograd.
A permuta estará condicionada à manifestação formal de interesse entre discentes de cursos com habilitações idênticas, em trocar de Campus na própria Instituição. A permuta somente será efetuada se houver manifestação favorável dos Colegiados de ambos os cursos.
A seleção dos candidatos será feita pela COPESE/Prograd, através de edital próprio.

Reopção de Curso e Transferência Externa
A Reopção de Curso será concedida aos discentes regularmente matriculados na UFVJM e que ingressaram em curso da UFVJM por processo seletivo, exceto por Migração, Transição, Transferência e Obtenção de Novo Título, sendo concedida uma única vez.
A Transferência Externa será concedida aos discentes regularmente matriculados em outras Instituições de Ensino Superior nacionais para a UFVJM.
A seleção dos candidatos será feita pela COPESE/Prograd, através de edital próprio, mediante o resultado obtido pelo candidato em uma das três últimas edições do Exame Nacional do Ensino Médio – ENEM.

Obtenção de Novo Título
A Obtenção de Novo título é a permissão dado aos portadores de diploma em curso superior de Instituição brasileira autorizado/reconhecido pelo MEC ou curso superior de Instituição estrangeira reconhecida pelo MEC para fazer novo curso na UFVJM. Esse procedimento está condicionado à existência de vagas e se dá mediante edital próprio, e a utilização do resultado obtido pelo candidato em uma das três últimas edições do Exame Nacional do Ensino Médio – ENEM.

Migração
Este processo tem por objetivo assegurar aos discentes do curso de Ciências Agrárias (Bacharelado Interdisciplinar) da UFVJM, curso este em extinção gradativa, a oportunidade de ocupar uma vaga em um dos cursos de formação específica, conforme previsto nos Projetos Pedagógicos de tais cursos, a saber: Agronomia, Engenharia Agrícola e Ambiental, Medicina Veterinária e Zootecnia. É específica para discentes do curso de Ciências Agrárias do ICA/UFVJM, sendo vedada a participação de discentes de qualquer outro curso da UFVJM. 

Transição de Curso
É o provimento de va
gas nos cursos de formação específica pós Bacharelados Interdisciplinares em Ciência e Tecnologia (BC&T),  oferecidos pela Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri – UFVJM.
A seleção dos estudantes tem por objetivo assegurar aos concluintes dos Bacharelados Interdisciplinares da UFVJM a oportunidade de ocupar uma vaga em um dos cursos de formação específica, a saber:
Ciência e Tecnologia (BC&T): Engenharia de Alimentos, Engenharia Geológica, Engenharia Mecânica e Engenharia Química, do Campus de Diamantina; Engenharia Civil, Engenharia Hídrica e Engenharia de Produção, do Campus do Mucuri; Engenharia Física e Engenharia de Materiais, do Campus de Janaúba;

 

VAGAS RESERVADAS
Lei 12.711/2012, Decreto n.º 7.824/2012 e Portarias Normativas n.º 18/2012 e n.º 1.117/2018.

A UFVJM adota para todos os cursos a reserva de 50% das vagas para estudantes que tenham cursado integralmente o ensino médio em escolas públicas.
A distribuição das vagas reservadas será realizada em 8 (oito) grupos:

Grupo

Quem pode concorrer a uma vaga neste Grupo

L1

Candidatos com renda familiar bruta per capita igual ou inferior a 1,5 (um vírgula cinco) salário mínimo e que tenham cursado integralmente o ensino médio em escolas públicas.

L2

Candidatos autodeclarados pretos, pardos ou indígenas, com renda familiar bruta per capita igual ou inferior a 1,5 (um vírgula cinco) salário mínimo e que tenham cursado integralmente o ensino médio em escolas públicas.

L5

Candidatos que, independentemente da renda tenham cursado integralmente o ensino médio em escolas públicas.

L6

Candidatos autodeclarados pretos, pardos ou indígenas que, independentemente da renda tenham cursado integralmente o ensino médio em escolas públicas.

L9

Candidatos com deficiência que tenham renda familiar bruta per capita igual ou inferior a 1,5 (um vírgula cinco) salário mínimo e que tenham cursado integralmente o ensino médio em escolas públicas.

L10

Candidatos com deficiência, autodeclarados pretos, pardos ou indígenas, que tenham renda familiar bruta per capita igual ou inferior a 1,5 (um vírgula cinco) salário mínimo e que tenham cursado integralmente o ensino médio em escolas públicas.

L13

Candidatos com deficiência que, independentemente da renda, tenham cursado integralmente o ensino médio em escolas públicas.

L14

Candidatos com deficiência, autodeclarados pretos, pardos ou indígenas que, independentemente da renda tenham cursado integralmente o ensino médio em escolas públicas.


Casos que geram dúvidas e NÃO se enquadram na reserva de vagas:

- Estudantes de escolas comunitárias e filantrópicas. Como não são classificadas como escolas públicas, seus alunos não podem concorrer às vagas reservadas.
- Estudantes que recebem bolsa parcial ou integral em instituições privadas também não podem concorrer à reserva de vagas de escolas públicas, como previsto na Lei nº. 12.711/2012.